I Competição de  Robótica do CEFET-CE


A primeira competição de robótica do CEFET-CE foi realizada no dia 22 de dezembro de 2004. Contou com 13 equipes inscritas.
O objetivo era perfazer o máximo de voltas numa pista branca dentro de 180 segundos. Os veículos competiram individualmente. a competição foi muito animada.

Equipes

Número Equipe Participante
1 MANINHO Rodrigo Alves de Oliveira
Rodrigo Alves de Oliveira
José Ésio Almeida Amaral
2 GAROTAS MECATRÔNICAS Liziane Vieira Chaves
Karla Sâmia
Danielle Melo
Camila
3 MECATRÔNICOS Sandro Roberto Nascimento Araújo
Diego Rodrigues Tavares
Diego Tibério de Queiroz Martins
Thiago Nogueira de Castro
4 LEDI Luiz Carlos Barbosa Junior
Ikaro Saraiva
Edmilson Queiroz
Diego Braga
5 IRON-MEC Thiago Alves Costa de Aragão
6 TECMEC Marcelo Barreto de Lima Cristino
Thiago dos Santos Silva
João Paulo Soares Souza
Ana Virgínia Rodrigues Guilherme de Oliveira
7 ESPECTRO DE POTÊNCIA Simão Pedro de Andrade Silva
Julio Peixoto da Silva Junior
José Carlos Lima Moreira
Othon Moreira Araújo
8 ITCHR Ítalo Jader Loiola Batista
9 FORMIGA ATÔMICA Alex Sander de Moraes Cardil
Alex Araújo Furtado
10 MEC-4 Eduardo Bezerra de M. E. Silva
Gervásio Gurgel do Amaral Neto
Ygor Gomes Pitombeira
Roberto Carlos M. da Costa Viana
11 LAMBOGLIA Raquel Lamboglia Guimarães
12 RAPADURA José Ronnylson Santos dos Anjos
13 AZSAFTHASYA Cyro Regis Castelo Vieira Filho
Lamec Sampaio de Freitas
Arthur Cesar Miná Albuquerque

A Competição

A equipe TECMEC foi a primeira a largar, estavam com o veículo bem ajustado, usaram microcontrolador e motor de passo. Na sessão de treinos, 15 minutos antes da corrida eles foram fazer o ajuste do elemento sensor, o qual estava montado numa haste de acrílico, e quebraram a haste. Como não tinham tempo para reparo, colocaram o sensor do lado das primeiras curvas e conseguiram 40 pontos.

Depois foi a equipe AZSAFTHASYA. Na sessão de treinos o veículo deles não estava nem conseguindo se manter na pista, estava com muita instabilidade nas curvas, ao detectar a borda da pista começava a oscilar e a roda traseira saía da pista. Foram atentos aos problemas apresentados e tiveram sorte porque a construção do veículo permitiu, distanciaram ao máximo os sensores para largura da pista e encurtaram a distância entre as rodas traseiras, assim quando o veículo oscilava na pista a roda não saía dos limites. Fizeram quatro voltas completas e tiraram o primeiro lugar.

Depois a equipe MECATRÔNICOS. Com uma construção simples, usaram motor CC de 6 V, rodas traseiras de plástico e na frente colocaram um rolamento de bicicleta. Fizeram quase duas voltas completas e tiraram o segundo lugar.

E equipe FORMIGA ATÔMICA, formada pela dupla Alex & Alex, tiveram problemas em fazer a primeira curva. Ficando com o quinto lugar.

A equipe GAROTAS MECATRÔNICAS só formada por mulheres, também fizeram a construção básica, circuito discreto, motor CC de 6 Volts. Na hora da largada, a roda traseira de tração se descolou. Foi um desespero, tentaram colar mas não adiantou, depois pediram um tempo para que a cola secasse, que concedido pelos demais competidores e enfim, quando correram o veículo obteve 100 pontos ficando em terceiro lugar.

A IRON-MEC teve um bom desempenho, chegando em quarto lugar com 70 pontos.

A equipe MEC-4, fizeram um veículo mais robusto, com motores de passo e microcontrolador, com um algoritmo disposto a ganhar o primeiro lugar, mas esbarraram num problema prático, durante todos os testes, fizeram com fonte alimentada pela rede. Na hora da competição, detectaram que a bateria escolhida por eles não “agüentou” a corrente dos motores, e a bateria que suportava a corrente dos motores (7AH), os motores não “agüentaram” transportar a bateria, caíram num problema de engenharia.

A equipe ESPECTRO DE POTÊNCIA teve problemas em transpor a barreira da segunda curva.

A equipe LEDI desistiu momentos antes competição, e de acordo com os especialistas de plantão, era a equipe favorita a ganhar, pois estavam com um circuito muito sensível e este foi o problema. Aumentou tanto a sensibilidade que o veículo deles seguia qualquer objeto branco, mas quando foi inserido dentro de uma pista branca, ficou “doido”, não sabia para que lado ia, e ficava rodando no mesmo lugar.

A equipe ITCHR também construiu um veículo preparado para ganhar o primeiro lugar, mas o seu preparador cometeu um erro primário, passou o dia todo demonstrando as habilidades do seu veículo, e na hora da competição a bateria estava descarregada e não teve tempo para carregar e nem teve como obter uma emprestada, usou uma de 12 volts pequena de 1,2AH

 As equipes MANINHO, LAMBOGLIA e RAPADURA estavam presentes com seus veículos mas decidiram não participar por problemas técnicos.


Resultados

Lugar Pontos Ordem Equipe
1o 420 2 AZSAFTHASYA
2o 190 3 MECATRÔNICOS
3o 100 7 GAROTAS MECATRÔNICAS
4o 70 8 IRON-MEC
5o 40 1 TECMEC
6o 10 11 ESPECTRO DE POTÊNCIA
7o 0 12 LEDI
7o 0 13 ITCHR
7o 0 5 FORMIGA ATÔMICA
7o 0 9 MEC-4
8o WO X MANINHO
8o WO X LAMBOGLIA
8o WO X RAPADURA











.