V Competição de Robótica do IFCE

O Departamento da Industria do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, a coordenação dos cursos de Engenharia Mecatrônica e Tecnologia em Mecatrônica Industrial, convida a todos os alunos de nível médio, técnico e superior, a participarem da V Competição de Robótica que acontecerá no dia 17/12/2009.

Regras (Preliminar)

1    Inscrição

1.1    As inscrições serão feitas no Departamento da Indústria do IFCE no período de 01 a 11/12/2009, mediante o preenchimento da ficha de inscrição e o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$10,00 por categoria.
1.2    Antes da competição, cada equipe deverá entregar a comissão organizadora, relatório contendo o nome dos participantes, indicação de quem irá manipular o veículo durante a competição, comprovação de que é aluno regularmente matriculado na sua instituição de ensino. Também indicar a categoria a qual está concorrendo.

2    Equipe

2.1    Os competidores só poderão ser ALUNOS regularmente matriculados no ano de 2009 no ensino médio, técnico ou superior.
2.2    Os alunos deverão anexar a ficha de inscrição o comprovante de matrícula no ano de 2009 emitido pela sua instituição, no caso dos alunos do IFCE é suficiente o preenchimento do número de matrícula
2.3    Cada EQUIPE poderá ser composta de um a três competidores.
2.4    A equipe só poderá participar com um veículo.
2.5    Cada competidor não pode participar em mais de uma equipe na mesma categoria.

3    Categoria CORRIDA

3.1    A competição nesta categoria consiste em somar o maior número de pontos por tentativa.
3.2    O TEMPO: cada equipe terá 180 segundos para percorrer a pista. Podendo fazer em  mais de uma tentativa.
3.3    “TENTATIVA” é definida como: Todo percurso iniciado somente a partir da linha de saída. Uma Tentativa é encerrada quando “SAIR DA PISTA” ou quando é encerrado o tempo máximo.
3.4    Os “PONTOS POR TENTATIVA” consistem no somatório dos pontos, indicado na pista e contados a partir da linha de saída, alcançado pelo veículo.
3.5    Os PONTOS serão contados da seguinte forma: na lateral da pista terá a indicação de pontos ganhos quando o veículo atinge a linha demarcada.
3.6    Se o veículo “sair da pista”, e a equipe ainda estiver dentro do tempo regulamentar, poderá retornar o veículo para o início, o qual os pontos reiniciam com zero para uma nova tentativa.
3.7    Somente um competidor da equipe, definido antes da competição, poderá tocar no veículo para ligar, desligar e colocar na linha de saída.
3.8    É considerado “SAIR DA PISTA” quando qualquer roda do veículo tocar na faixa delimitadora da pista.
3.9    Os pontos contabilizados para cada equipe são definidos como os pontos da tentativa de maior número de pontos.
3.10    A ordem de largada será definida por sorteio pela comissão julgadora. Após 2 minutos de atraso, será considerado desistente. Caso a equipe esteja no local da competição e poderá solicitar até 5 minutos para ajustar o veículo.
3.11    Os veículos percorrerão a pista individualmente.
3.12    Até 15 minutos antes da competição ou a critério da comissão organizadora, a pista poderá ser usada para treinos e ajustes, atentando que se a equipe danificar a pista estará sumariamente desclassificada.
3.13    Classificação: Será em ordem decrescente pelo número de pontos contabilizados. Havendo empate, será aplicado em ordem crescente o número de tentativas.

A pista

3.14    A “PISTA” é horizontal, com largura variável de 20 cm a 40 cm, na cor branca, contrastando com o limite da pista, uma faixa preta de no mínimo 2 cm..
3.15    Ao longo da pista haverá “CURVAS” com diversos graus de dificuldade. A curva de maior grau de dificuldade poderá ter um raio interno de 10 cm. Também poderá ter saliências de até 1 cm de altura.

O Veículo

3.16    Os veículos serão autônomos, não podendo sofrer controle humano durante o percurso e nem usar qualquer sistema de controle remoto (Rádio freqüência, Infravermelho, cabo, etc.).

4    Categoria LOCALIZAÇÃO

4.1    A competição nesta categoria consiste em se deslocar do ponto da partida ao de chegada em menor tempo.
4.2    O TEMPO: cada equipe terá 300 segundos para percorrer a pista. Podendo fazer em  mais de uma tentativa.
4.3    “TENTATIVA” é definida como: Todo percurso iniciado somente a partir do ponto de saída. Uma Tentativa é encerrada quando “DESLOCA OBSTÁCULO” ou quando é encerrado o tempo máximo ou o representante da equipe posiciona o veículo no ponto de largada ou o veículo "SAIR DA PISTA"..
4.4    É considerado “DESLOCAR OBSTÁCULO” quando houver deslocamento dos obstáculos da pista em mais de 5 cm.
4.5    É definido "SAIR DA PISTA" quando o veículo ultrapassa o limite horizontal da pista ou se eleva do solo.
4.6    Os “PONTOS POR TENTATIVA” consistem no somatório dos pontos, indicado na pista e contados a partir da linha de saída, alcançado pelo veículo.
4.7    Os PONTOS serão contados da seguinte forma: na lateral da pista terá a indicação de pontos ganhos quando o veículo atinge a linha demarcada.
4.8    Dentro do tempo regulamentar, a equipe poderá retornar o veículo para o início no qual os pontos reiniciam com zero para uma nova tentativa.
4.9    Somente um competidor da equipe, definido antes da competição, poderá tocar no veículo para ligar, desligar e colocar na linha de saída.
4.10    Os pontos contabilizados para cada equipe são definidos como os pontos da tentativa de maior número de pontos.
4.11    A ordem de largada será definida por sorteio pela comissão julgadora. Após 2 minutos de atraso, será considerado desistente. Caso a equipe esteja no local da competição e poderá solicitar até 5 minutos para ajustar o veículo.
4.12    Os veículos percorrerão a pista individualmente.
4.13    Não será permitido o uso da pista para treinos ou ajustes, a equipe deverá testar com suas pistas baseadas nas especificações.
4.14    É definido como objetivo parar no ponto de chegada de forma automática e permanecer por no mínimo 10 segundos. Este tempo é contabilizado no tempo da TENTATIVA. Caso o TEMPO máximo seja excedido, esta contagem de tempo não irá anular a TENTATIVA.
4.15    Classificação: Ordem crescente pelo total de tempo, em segundos, que o veículo levou até atingir o objetivo.  
4.16    Critério de desempate: a) Maior número de pontos obtidos; b) Menor número de tentativas até atingir a pontuação referida; c) Menor tempo necessário para atingir a pontuação referida contados a partir do início.

A pista

4.17    A “PISTA” é horizontal, com dimensões de 2 x 10 metros. E diversos obstáculos distribuídos aleatoriamente. O limite da pista será demarcado com uma fita “crepe” branca.
4.18    O início e o fim estarão em lados opostos da pista.
4.19    Os “OBSTÁCULOS” serão circulares, com 10 ± 2 cm de diâmetro e mínimo de 10 cm de altura. O peso podendo variar de 0,3 Kg a 0,6 Kg. O espaçamento mínimo entre os obstáculos é de 30 cm.
4.20    A cada "TENTATIVA" a posição dos obstáculos poderão ser alterados pela comissão julgadora.

O Veículo

4.21    Não será permitido o controle remoto (via rádio ou óptico). Tanto o circuito bem como o link deverá ser vistoriado previamente pela comissão julgadora.

5    Geral.

5.1    O VEÍCULO deverá ser construído pela equipe. É vedada a aquisição ou confecção de todo o veículo por encomenda a uma pessoa fora da equipe.
5.2    Cada veículo deverá ter, de forma visível e fácil uso, um interruptor para desligar a alimentação geral, não sendo aceito emendas de fios para substituir o interruptor.
5.3    A propulsão deverá ser feita exclusivamente com motores elétricos.
5.4    A alimentação do circuito e a alimentação do motor serão limitadas a 12 volts, Sendo feita exclusivamente por baterias ou pilhas instaladas no veículo.
5.5    A equipe que durante a realização da Competição pisar na pista, danificar a pista, ou usar de qualquer expediente para sabotar o concorrente será desclassificada.
5.6    Casos omissos e quaisquer questões oriundas das execuções destas regras serão dirimidas e julgadas pela comissão organizadora.